sábado, 26 de setembro de 2009

Jundiaí Setembro 2009

Depois de um bom tempo sem voar, fiz um vôo muito gostoso em Jundiaí, dia estranho de primavera, depois de semana muito chuvosa. Finalmente SOL, fui a SBJD de forma descompromissada. No final rolou um vôo interessante, com linha de instabilidade passando em cima da pista, um pouco de chuva. Mas deu para navegar um pouco, sem apelar para motor.
Fiquei bem baixo, 200m, pousar onde ?? Felizmente engatei numa boa térmica


Com uma pequena linha de instabilidade se aproximando de Jundiaí, saí fora para Atibaia, pois vinha chuva mesmo, uma cortina, não era CB, bem estranha, mas foi bom porque me empurrou rapidinho para outros lados.


Ralando a 300m de altura, sem alternativa de pouso, eita terreno ondulado, mas aos poucos consegui subir, com a limitação de voar a 900m do solo, pelo Controle São Paulo, a navegação fica mais complicada. Não tente fazer isso sozinho !


Baguncei um pouco em cima da Pedra Grande em Atibaia, mas esqueci de bater mais fotos. O pessoal da escola de Parapente acenando, aproveitei um pouco o lift. Mas subi mesmo uns km a W da Pedra numa linda nuvem

Fui para o lado da represa ao lado de Bragança, e depois do céu abrir novamente, tomei a proa de Jundiaí, e eis que olhando para trás vejo esta linda cena, em cima da cidade de Atibaia.


Jundiaí realmente cresceu muito , dá pra ver bem nesta foto, a chuva limpou o céu, e matou as térmicas, mas mesmo assim consegui ir flutuando de volta a Jundiaí, saí a 1400m do solo de Atibaia, com vento contra (NW), e mesmo assim cheguei a 400m em cima da pista.

Essa foto me deixou chateado, pois o planador é do APP, quem teve essa infeliz idéia ??? Essa fita além de horrível, arranca tinta do planador.

Um comentário:

Silvio Carlos Ambrosini - Sivuca disse...

Muito legal o Blog!! Aventuras como essas não podem ficar escondidas!!

um super abraço do Sivuca!