sábado, 7 de novembro de 2009

Londres - Catamarca - Argentina

Os lugare pequenos sempre surpreendem, esse foi o caso desta pequena vila.  Desde a nossa acomodação, até as ruinas indígenas, onde aprendi um pouco mais sobre os Incas que vieram dominar a população local, os Diaguitas, que já andavam por aqui a partir do ano 600 d.c., índios alguns mais belicosos outros menos.  Os diaguitas cultuavam o Jaguar, raios e trovoes !!!  Pelo que lembro do museu, mais pode ser encontrado no google com certeza.  Mas andar ao vivo e a cores no local vale a pena.




A dona do Casario onde dormimos tem longa história, com vários quadros e comendas penduradas em sua casa, realmente o respeito ao passado, muito forte em toda a Argentina.


O pátio interno da casa muito interessante, talvez relembrando as construções de Espanha, no verao aqui faz 40 graus e no inverno zero , grandes extremos

Fomos visitar "El Shincal"  as ruinas indigenas , não se ve muita coisa, apenas alguns muros de pedras, mas a história do local é impressionante.  Capital de provincia construida y habitada por los incas entre 1470 y 1536, El Shincal de Quimivil es hoy un parque arqueológico monumental erigido con el fin de resguardar más de un centenar de recintos enclavados en un paradisíaco paisaje. Habiendo quedado inserto con el paso del tiempo dentro de los límites territoriales del Departamento de Belén, se ha convertido en uno de sus principales atractivos y en una razón común de su visita ineludible en el recorrido de la provincia de Catamarca.










Museu na entrada não tem nada a ver com Cuzco, que pretendo ir um dia, mas muito interessnte também


Subimos numa pequena montanha que servia de plataforma para os cultos religiosos, e nesta foto era o centro dos Incas, tomado pelo vegetação existem alguns muros de pedras, e pouca coisa mais.

Voando nas montanhas proximos vi algumas pequenas construções de pedra, quem sabe feitas ainda pelos Incas, pois é no meio do nada mesmo, mas muito pequenas para bater foto.


Um comentário:

cesarmazzoni_adv@yahoo.com.br disse...

Voo a Vela também é cultura pelos lugares que se voam.

Thomas, sendo possível, lance seus voos na OLC.

Abraços,

Cesinha Mazzoni
Ac. Tatuí